Luminária arandela: tudo o que você precisa saber

Dicas Publicado em 04.10.2019 comentários

As arandelas são luminárias que ganharam muito espaço no mercado e entre as tendências de arquitetura, isso se deve a grande gama de modelos modernos e inovadores. Ela se tornou uma peça sinônimo de atualidade e personalidade.

Para adicionar um toque especial à sua decoração e conhecer tudo sobre as arandelas, confira a matéria que preparamos abaixo!

O que é a luminária arandela?

As luminárias arandelas eram muito comuns antigamente e possuíam um visual mais rústico. Ela é projetada para ser instalada na parede e o seu modelo mais comum era o que imitava o formato de um lustre, mas em um tamanho menor.

Além disso, as cores terrosas e tons mais escuros prevaleciam, junto com acabamentos de madeira.

As linhas e tendências do design mudaram e hoje a arandela LED vem em modelos, cores e tamanhos para todos os gostos. O clássico modelo de lustre ainda é encontrado no mercado e pode ser incorporado em diferentes tipos de projetos de decoração.

Existem dois pontos principais sobre essa luminária que você deve saber. O primeiro deles é que ela produz uma luz que chamamos de indireta ou secundária: ela não é feita para ambientes que necessitam de muita luminosidade. A iluminação indireta serve para completar a luz principal (a iluminação de lustres e plafons, por exemplo) e para dar detalhes decorativos.

O segundo ponto importante é que ela é uma luminária de parede, ou seja, ela é instalada na parede. A luminaria arandela vai precisar dessa superfície paralela (a parede) para fornecer a iluminação e também destacar a textura da superfície.

Luminária para parede

Arandela interna vs. Arandela externa

Até então falamos do que é a arandela e como ela é instalada, entretanto não falamos sobre uma das suas principais características: ela é usada interna e externamente.

É muito comum usar esse tipo de luminária em jardins, áreas de festa, área da piscina e outros locais externos. Ela é uma das poucas luminárias que são usadas dentro e fora dos locais.

Arandela externa

É interessante começarmos esse tópico enfatizando que não são todos os modelos de arandelas que podem ser usados em ambientes externos.

Para uma luminária poder ser instalada em um jardim, por exemplo, ela deve ser resistente e proteger a parte elétrica de chuvas, ventos, mudanças de temperatura e de qualquer outro aspecto climático.

Dessa maneira, há arandelas que são feitas somente para uso interno e as que são projetadas para uso externo mas podem ser usadas em ambientes fechados também. De modo geral: arandelas internas só podem ser usadas dentro de casa, mas arandelas externas podem ser instaladas em qualquer local.

Arandela para local externo

Arandela interna

Esses modelos de luminárias normalmente contém mais detalhes e são projetados com um foco maior ao visual. Isso porque eles não precisam ser resistentes à sol e chuva, então materiais mais delicados podem ser usados.

A diferença de revestimento é muito nítida entre os dois modelos, pois embora ambas foquem no efeito luminoso que será criado, a luminária interna preza muito pelo design da arandela em si.

Além disso, o ambiente interno contém mais detalhes e sofisticação do que qualquer ambiente externo. Isso também determinará o design das luminárias que são usadas ali.

Arandela em ambiente interno

Como usar arandela LED na decoração?

Com as dicas certas, incorporar as arandelas no seu ambiente se torna simples e fácil. Por serem luminárias menores e que fornecem iluminação indireta, é mais fácil de acertar na sua aplicação.

A nossa primeira dica para instalar corretamente suas arandelas é analisar a função do cômodo em questão.

Em locais que exigem mais atenção para as tarefas realizadas (como cozinha, lavanderia, escritório), as arandelas devem exercer apenas um aspecto decorativo.

Em outros cômodos como sala de estar, quartos e corredores, a arandela é interessante, pois oferecerá uma iluminação indireta na medida certa.

De qualquer maneira, nenhum cômodo deve ser iluminado somente com arandelas: essa não é a função desse tipo de luminária.

Outra dica legal é aproveitar a textura da parede em que a arandela será instalada. Já mencionamos que a luz da luminária irá destacar o revestimento do local que será instalada, então faça proveito disso. Paredes que possuem revestimento em 3D, acabamento com pedras, madeira e papel de parede ficam ótimas quando evidenciadas com a iluminação ideal.

Modelos de arandelas

As luminárias arandelas vêm em diferentes modelos e cores, conforme já mencionamos. Elas são projetadas para criar um efeito luminoso na parede que são instaladas.

Assim sendo, elas vêm em modelos que emitem feixes de luz para uma direção (para cima, para baixo ou para um dos lados) e outras que emitem para os dois lados (para cima e para baixo ou para a direita e esquerda). De acordo com o seu formato, ela criará uma imagem de luz diferente na parede.

Combinando várias peças do mesmo tipo, você conseguirá criar efeitos luminosos na parede que ficarão incríveis. Eles criam um aspecto decorativo especial.

Ainda existem os modelos que imitam o formato dos lustres, que direcionam a luz principalmente para baixo e na maioria das vezes possuem cristais.

Modelos de arandela

Cômodos e aplicação

Os principais locais internos para incorporar as arandelas são os corredores, quartos, banheiros e salas de estar. Isso não significa que elas só podem ser instaladas ali, é apenas uma indicação.

Nos banheiros essa peça pode ser instalada em paredes que estejam livres (não interferindo a mobilidade do local) e também ao lado de espelhos. Colocar as arandelas ao lado de espelhos é interessante, pois a luminosidade criada faz com que a pessoa que está utilizando-o consiga se ver com mais clareza.

Nos quartos a instalação normalmente é feita ao lado ou acima da cabeceira da cama, fica incrível! Também é legal colocá-la ao lado de espelhos ou penteadeiras. Chamamos atenção apenas ao fato de que a arandela não cria a melhor luz para leitura. A luz de leitura deve ser focada e ter a intensidade ideal.

Nos corredores e salas de estar a instalação é mais livre, basta pensar no que irá funcionar para aquele cômodo e prezar pelo equilíbrio, para não haver exageros.

Em escritórios use a arandela somente como luminária decorativa, pois esse é um ambiente que necessita mais de luzes diretas do que da iluminação indireta. 

Jardins, áreas de festa e ambientes externos

Vale relembrar que para ambientes externos você deve utilizar arandelas produzidas para esse fim.

Para incorporar as arandelas externas você deve analisar quais pontos do local necessitam de luz à noite. Áreas comuns para isso são: escadas, caminhos de pedra e ao redor da piscina.

Evidencie paredes e muros que tenham textura, isso valorizará o revestimento usado. Em muros que tenham plantas por perto também é um bom local para instalar arandelas, pois elas darão destaque ao verde das folhas.

Dicas extras

A nossa última dica é para que você analise as indicações do fabricante antes de comprar a sua arandela. Cheque em que local ela pode ser instalada e também olhe qual lâmpada pode ser usada com o produto em questão. Usar uma lâmpada mais potente do que a arandela pode suportar trará danos ao seu produto.

Como usar a arandela de led

 

Comentários