Dicas

Tipos de lustres: qual o melhor para o meu ambiente?

Publicado em 06.08.2019 | comentários

O lustre é uma peça de iluminação antiga, sofisticada e que nunca perde o charme. Além de proporcionar luz à todo o cômodo, ele é um ótimo artefato decorativo. Com a capacidade de transformar totalmente o clima do ambiente, os lustres são indispensáveis quando falamos de decoração e iluminação.

Com tantos modelos e tipos de lustres em diversas cores, materiais e tamanhos, a tarefa de escolher o melhor para o seu espaço pode se tornar difícil. Essas luminárias não devem somente harmonizar com a decoração já presente, mas também precisam ser proporcionais aos móveis.

Dicas para acertar nos modelos de lustres

Para que você não erre ao escolher os modelos de lustre para a sua residência, preparamos várias dicas essenciais para selecionar peças que deem elegância e classe ao seu cômodo. Confira abaixo!

Dicas para escolher modelo de lustre

Diferença entre modelos de luminárias

Mesmo quando vamos escolher apenas o lustre de um ambiente, é importante termos noção da diferença entre os tipos de luminárias existentes no mercado, assim fica mais fácil entender e harmonizar esses elementos.

Os lustres são peças que normalmente possuem vários braços onde ficam as lâmpadas. Eles vão dos clássicos candelabros até lustres com visual ultra moderno. Alguns modelos mais atuais não possuem mais os braços e são mais geométricos, porém ainda contam com mais de um soquete para lâmpada (o que diferencia o lustre do pendente).

Já os pendentes se caracterizam por contarem somente com uma lâmpada. Eles são suspensos (assim como os lustres), mas promovem uma iluminação mais direcionada.

Os plafons são luminárias que ficam diretamente no teto e podem ser embutidos ou de sobrepor. Há modelos mais simples, apenas com a superfície luminosa e modelos mais sofisticados, com cristais e detalhes em vidro. Eles proporcionam uma iluminação geral, que alcança o ambiente por inteiro.

Dimensões

Na hora de escolher entre os tipos de lustres, as dimensões são um fator muito significativo. O tamanho da peça e o seu estilo determinarão a sua harmonia com o ambiente.

Por muito tempo os lustres foram usados como peças centrais no cômodo, ele precisava ser posicionado no centro, porém isso já não é mais uma realidade. Embora os lustres no meio do ambiente ainda sejam tendência, analise o seu espaço e determine qual a melhor área para instalar a peça.

Se o seu ambiente for pequeno, evite modelos de lustres muito grandes. Ele pode não atrapalhar na funcionalidade do espaço, mas deixará a sensação de um local abarrotado. Para áreas assim, lustres menores e mais verticais são uma aposta mais certeira.

Já em cômodos grandes, o contrário também é válido. Caso for apostar em um lustre menor, posicione-o mais nas extremidades ou em conjunto com outros móveis para que ele não perca destaque. Se decidir investir em um lustre grande, é interessante centralizá-lo ou colocá-lo em cima de uma mesa de jantar, por exemplo. Priorize a proporção da peça com o ambiente.

Independente do tamanho do seu lustre, saiba respeitar a sua distância do chão. Se ele for colocado em um espaço aberto, instale-o a 2,13 metros do chão ou a 30,5 centímetros acima da sua cabeça. Caso ele seja instalado em cima de uma mesa, 91 centímetros de espaço entre o móvel e o lustre é o suficiente.

Dimensao ideal do lustre

Estilos

Como já mencionamos, um dos fatores que definem a harmonia do ambiente com o lustre é o estilo da peça com o cômodo. Na hora de escolher entre os tipos de lustres, é importante manter em mente a composição já existente no espaço, assim tudo combinará melhor.

Se já houver peças marcantes no ambiente, talvez um lustre mais modesto harmonizará melhor. Já se a decoração não for tão significativa, o lustre pode dar um toque de muita elegância e sofisticação.

Os lustres com estilo “candelabro”, com mais braços, sempre remetem à decorações clássicas. Já os lustres sem braços, somente com suportes para lâmpadas, são mais modernos. De maneira similar, os acabamentos em cristais são muito versáteis, enquanto os lustres com acabamento metálico remetem ao estilo industrial.

Sempre há muitos questionamentos quanto aos tipos de lustres para sala de jantar e sala de estar, pois são os locais mais comuns para colocação da peça. Mesmo esses sendo ambientes que tenham mais circulação, eles seguem as mesmas indicações que já mencionamos. Harmonize com a composição e estilo já existentes.

Quanto aos lustres para cozinha, lembramos que esse tipo de luminária é mais delicada e alguns modelos podem ser difíceis de limpar. A cozinha é um ambiente com vapor e gordura, o que pode danificar e sujar o seu lustre, por isso não indicamos a instalação nessa área. Em caso de ambientes integrados, tente deixar a peça longe do fogão.

Modelos de lustres

Lâmpadas

As lâmpadas possuem um papel muito importante no efeito que o lustre causará. Há tipos de lustres que combinam mais com luzes amareladas, enquanto outros são perfeitos para usar com luz branca.

As luzes amareladas deixam um ar de relaxamento e conforto no ambiente, já as luzes brancas são para estimular o foco e a produtividade.

Opte por modelos de LED que não esquentam, são mais econômicos e possuem uma grande durabilidade. Se possível, na hora de escolher o seu lustre peça para testar luzes brancas e amarelas. Caso essa possibilidade não exista, procure fotos do modelo com ambas as lâmpadas.

Decoração

Não tenha medo de apostar nos lustres. Eles são peças de decoração que não podem ser substituídas ou ignoradas. Exceto ambientes estritamente utilitários, como lavanderia, garagens e almoxarifados, todo cômodo pode ficar incrível com o lustre adequado.

Em ambientes integrados separados por móveis, por exemplo, você pode apostar em modelos de lustres diferentes com tamanhos adequados em cada um deles. Combinar dois tipos de lustres encherá o ambiente de personalidade.

O lustre para quarto pode deixar o seu espaço muito mais elegante e confortável. Quartos com o pé direito alto podem centralizar a peça, enquanto em quartos mais baixos um lustre menor ao lado da cama já trará muita elegância.

O importante é lembrar-se sempre de equilibrar. Quando se trata de iluminação e decoração não há regras, somente a harmonização e equilíbrio.

Lustre geometrico

Comentários